Pesquisar neste site...

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Fé raciocinada: A razão da fé


Discutir a “fé” pelo ponto de vista racional, nunca foi um hábito da sociedade. O argumento é sempre o mesmo: fé é indiscutível, pois ela não pode ser intelectualizada.

Depois de tantos anos sendo espírita-espiritualista e estudioso das filosofias religiosas, posso dizer com convicção, que discussões a respeito da “fé” nem sempre terminam de forma amistosa. Comumente, os radicais religiosos não aceitam outro ponto de vista além do seu, ou em casos mais brandos, religiosos pacíficos preferem não discutir este conceito.

No meu ponto de vista, a “fé” deve ser discutida em espaços próprios, criados para esta finalidade. O "Nova Era" é um site que possui esta função, e por isso vou apresentar breves conceitos a respeito da fé, do ponto de vista espírita-espiritualista.

Já dizia Allan Kardec que “Fé inabalável é somente aquela que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da humanidade”.  Kardec afirmava que a fé deve ser raciocinada, deve ser pautada em argumentos racionais.

Para entende-la, deve-se considerar a experimentação, e nos casos em que o fenômeno em estudo ainda não pode ser representado no mundo material, a explicação para ele deve ser pautada na fé, que por sua vez deve ser baseada na razão.

O espiritismo prega que “fé” não é acreditar cegamente em alguma premissa, mas pelo contrário, é buscar argumentos sólidos que justificam um determinado fenômeno ou dogma, e considerar que para todas justificativas, o pensamento científico atual deve ser considerado e respeitado.

Em pequenas palavras, não é obrigar uma verdade sem explicação racional, e tão pouco, negar evidências científicas apenas com a inocente afirmação: isso não pode ser explicado pois vem de Deus. Milagres possuem explicações racionais, que nem por isso descaracteriza-o como um evento sublime, vindo de Deus. (Já falei um pouco sobre os “milagres” nesta postagem: “A superioridade da Natureza de Jesus”).

Portanto, se pela convenção social a “fé” não pode ser discutida, a razão nos obriga a raciocinar sobre a mesma. Por isso criei esta postagem, para destacar o conceito “fé” pela visão espírita, e igualmente, incentivar os jovens a buscar a fé raciocinada, no sentido de refletir racionalmente sobre os fenômenos espirituais, e concluir que todos eles possuem explicações racionais, e que nem por isso, deixam de ser sublimes.

A ciência está ai para nos ajudar. 
E a filosofia surge nos episódios que a ciência ainda não é capaz de explicar.


Luz e Paz
Fonte da imagem: Photobucket

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...