Pesquisar neste site...

sábado, 9 de março de 2013

Rituais e Dogmas das Religiões: Uma barreira para os Jovens?


Boa tarde amigos do Nova Era!

Esta semana estive refletindo a cerca do pensamento religioso entre os nossos jovens. A leitura que estou fazendo do livro "Rebeldes" de Sandra Carneiro e também as aulas de Psicologia da Educação, estão me ajudando a compreender um pouco desse mundo adolescente.

A problemática da minha reflexão é a seguinte: como instigar satisfatoriamente o pensamento de um adolescente sobre as questões religiosas/espirituais?

Não é segredo para ninguém que nossos jovens de hoje estão cada vez mais desinteressados das religiões. De modo geral, o Catolicismo, o Pentecostalismo (evangélicos) e o Espiritismo não estão conseguindo suprir de fato o esperado pelos adolescentes e adultos jovens do Brasil.

Evidentemente, para chegar a uma conclusão, ou pelo menos considerações finais, seria necessário uma pesquisa científica. Entretanto, arrisco-me a apontar os possíveis fatores principais que contribuem para o não interesse religioso desses jovens, sendo eles:

  • Rituais;
  • Dogmas;
  • Ortodoxismo.

Os rituais são "Conjunto de gestos, palavras e formalidades, utilizados de maneira simbólica para que a mente acredite no que esta fazendo, geralmente utilizado em religiões". Vou tentar citar alguns, dos vários rituais presentes nessas três religiões citadas:

Catolicismo: eles aparecem de forma gritante, basta observarmos como é o andamento de uma missa. Infelizmente, quase que 80% do rito católico baseia-se em palavras e gestos decorados;

Pentecostalismo: consegue-se notar que está havendo uma certa padronização na forma como acontece o culto evangélico, no qual é normal haver uma constante bateção de palmas e repetição de palavras curtas como "Amém" e "Aleluia";

Espiritismo: em alguns Centros Espíritas estão acontecendo uma espécie de padronização das práticas mediúnicas, especificamente nos trabalhos de desobsessão. É comum os ditos "doutrinadores" ou "esclarecedores" (pessoa encarnada que conversa com o espírito incorporado nos trabalhos de desobsessão) já terem frases prontas para falar com os espíritos, sendo bastante rotineiro o uso de expressões como "está vendo este amigo ao lado, vá com ele" e "tome este remédio".

Os dogmas são "crenças/doutrinas impostas, que não admitem contestação", são "princípios fundamentais de uma crença". Todas as religiões possuem dogmas, pois eles são necessários para a sua perpetuação. Caso não existisse, elas perderiam seus fundamentos filosóficos.

Catolicismo: confesso que é difícil enumerar apenas um dogma dessa religião, todavia, destaco o da "Santíssima Trindade", no qual é creditado a Deus o atributo de ser ao mesmo tempo pai, filho e Espírito Santo;

Pentecostalismo: infelizmente, o dogma que mais é destacado nos evangélicos é a existência de lúcifer. Ele também está presente no catolicismo, entretanto, estes últimos quase nunca falam sobre ele (que para mim é um ponto positivo);

Espiritismo: para os espiritistas, é incontestável a existência do dogma da reencarnação.

O ortodoxismo é "seguir a risca tudo o que diz uma palavra ou regra". De forma geral, digo que se não existisse o pensamento ortodoxo, possivelmente tanto os rituais como os dogmas já teriam sido mais indagados e criticados pelos atuais religiosos. Por isso, acho que seria muito importante não sermos ortodoxos, ou seja, não sermos inexoráveis com os rituais e pensamentos impostos pelas religiões atuais. 

Temos que indagar se realmente é necessário essa quantidade exorbitante de palavras decoradas nos cultos católicos; será mesmos que temos que ficar batendo palmas pra Jesus nas reuniões evangélicas, Jesus precisa de reconhecimento, ou ele é superior a tudo isso?; e os trabalhos de desobsessão espíritas, eles foram necessários para o século XIX para ajudar a divulgar o espiritismo, e agora, são mesmos indispensáveis?

E quanto as ideologias impostas, Deus seria Jesus, que seria o Espírito Santo? Como que Deus, em sua infinita sabedoria, poderia se materializar em um corpo limitado? Deus tem mesmo forma?

E lucifer, existe mesmo? Ou será que ele é apenas um simbolismo utilizado na Bíblia, para simbolizar os instintos maléficos da humanidade?

A reencarnação é mesmo verdade? Se assim for, a lei do Carma não precisa de mais explorações? Será mesmo que, se eu for um criminoso em uma vida, inevitavelmente eu terei que ser em outra? Eu não poderia pagar um mal feito, com um bem proporcional?

Todas estas questões precisam serem feitas diariamente por todos nós, para chegarmos juntos a novas respostas. Mas não afirmativas impostas, sem reflexão. Porque a fé não é só acreditar, é acreditar e provar racionalmente uma determinada premissa. Portanto, é importante a criação de núcleos de estudos acerta do tema, como o  "Núcleo de Estudos Sobre Espiritualidade" (ainda em construção) e o "Núcleo de Estudos Transdisciplinares sobre Espiritualidade" da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Por hoje é só!
Bom fim de semana para todos!
Luz e Paz!

_________

fonte da imagem: http://cdn2.reavivamentoereforma.com/files/2012/04/jovensreformaespiritual.jpg

5 comentários:

Marlene Oliveira disse...

Nelio Junior, você mandou bem! Parabéns pelo texto! Olhando sua foto tenho a impressão de que você ainda faz parte desse "mundo adolescente", não? Rsrs
De qualquer forma aproveito para indicar a leitura que você está fazendo para todas as idades, li e gostei muitíssimo!
Um abraço de luz!
M.

Marlene Oliveira disse...

Parabéns pelo texto Nelio Junior!
E boa leitura, recomendo-a para todas as idades, gostei muitíssimo tanto da trilogia. Um abraço de luz,
M.

Nelio Júnior disse...

Boa noite Marlene!

Muito obrigado pela visita, e comentários! São eles que nos dão força e vontade para continuar postando! :)

Rsrs segundo a psicologia, já sou um "adulto jovem" kkkkkkkkkk

Mas de qualquer jeito, acho que todos nós somos "jovens ainda, jovens ainda, jovens ainda" (música Chaves) rsrs

A leitura realmente está sendo muito boa! Recomendo para todos!
Estou lendo o primeiro livro da Trilogia, e confesso que é difícil parar de ler! Ontem fui dormir bem tarde lendo! kkkkkkkkkkk Com certeza, recomendo também para todas as idades!

Novamente, obrigado pela visita.
Luz e Paz

JOSEVALDO disse...

Boa tarde caro Nelio. Muita Paz em Jesus. Sou adepto da Doutrina Espírita. O Espiritismo tem como um dos seus pilares a Fé Raciocinada. Se tiver oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a Doutrina Espírita poderá tirar as dúvidas que você relaciona em seu artigo. Enfim lhe desejo Muita Paz e Luz em 2014.

Nelio Júnior disse...

Obrigado Josevaldo pela visita. Seja sempre bem vindo!

Nasci em berço católico, mas formei minha personalidade na casa espírita desde os meus 8 anos de idade. Hoje, me considero espírita-ecumênico, ou espiritualista.

Acho que me expressei errado, porque na verdade, as perguntas que fiz foram no intuito de levar a reflexão dos adeptos de todos os credos citados neste artigo.

Muita paz e luz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...