Pesquisar neste site...

domingo, 1 de julho de 2012

Um Deus de Pedidos



Frequentemente, vejo as pessoas pedirem coisas a Deus. Rezas e orações são feitas em intensão de obter-se algo.

Existem casos mais graves, em que desesperadamente, rezam o terço, fazem promessas (intenção), acendem uma vela, etc.

Não sou um exemplo, mas sei que devo ter um pensamento crítico, e ajudar as pessoas ao mesmo. Por isso, acredito que já temos conhecimento suficiente para pensar criticamente.

Vamos a algumas reflexões:

Se eu fosse um anjo do bem, ou Deus, e não um humano egoísta, eu atenderia um pedido apenas pelo fato da pessoa falar algumas frases repetidamente? Seria justo?

Uma prece refletiva feita pelo coração, em que a pessoa pensa sobre seus atos, propõe mudanças, não é mais agradável a Deus? Ou ele criou pessoas "pedintes", mas que nada fazem para mudar suas atitudes?

São meditações fortes, contudo precisam ser feitas.

Novamente, digo que não estou aqui levantando bandeiras contra nenhuma religião, pois foram as pessoas que as criaram. Não foi Deus, nem Jesus, nem Allan Kardec...

Coloco Jesus e Deus separado, porquanto é muita ignorância acreditar que Deus é Jesus. Todavia, isso é assunto para outra postagem.

Claro que essa realidade de rezar só para pedir as coisas não acontece com todo mundo. Muitas pessoas rezam o terço com pensamentos muito elevados! A boca fala palavras decoradas, mas o coração transborda de amor! Não é o ideal, mas acontece! 

Em outros casos, alguns conseguem refletir bastante apenas fazendo votos (promessas, intensões)!

Todavia, o que mais frequentemente acontece, é que não existe reflexão na hora da oração. E ela acaba virando um "jogo" de pedidos a Deus! Chegam a fazer acordos com Deus! "Se o Senhor me der isso, fico três dias em jejum", etc.

Por isso meus amigos, ao invés de pedir, façam! E se forem pedir, pensem primeiro no que podem oferecer, se é mais “amor”, “paciência”, “caridade”, “respeito”, “pensamentos positivos”. Pedir por pedir não! Pedir e se propor a mudar de atitudes, isso sim!

Boa Semana a todos!

2 comentários:

Marlene Oliveira disse...

Junin, felizmente você deixou claro que há pessoas que rezam o terço com pensamentos muito elevados!

Vejo por outro ângulo: melhor o pouco, as palavras repetidas, as promessas... do que o nada. Pelo menos aí elevam-se pensamentos a Deus.

Para aqueles que compreendem melhor a finalidade da oração, sim, devemos agradecer mais! E escolher fazer sempre "o sacrifício mais agradável a Deus" (Mateus, V: 23 e 24).

Tudo para que, a cada dia, possamos nos tornar um pouquinho melhores como pessoas.

Um abraço fraterno!

Nelio Júnior disse...

Obrigado pela visita!

Concordo com suas palavras!

Um dia não precisaremos de palavras decoradas para "conversar" com Deus!

Luz e Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...