Pesquisar neste site...

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Maledicência


Boa Noite amigos e amigas do Nova Era!

Muito de vocês são leitores "ocultos", que não comentam, mas, estão sempre presentes! Peço que, se puderem, deixem um relato ou comentário no final.

Hoje vamos falar um pouco da MALEDICÊNCIA, que, em linhas resumidas, é o ato de falar mal das pessoas, algo que todos nós fazemos, uns com mais frequência que os outros.

Para abordar essa temática, vou me embasar nos seguintes trechos da Bíblia:

Por que vês tu, pois, o argueiro no olho do teu irmão, e não vês a trave no teu olho? Ou como dizes a teu irmão: Deixa-me tirar-te do teu olho o argueiro, quando tens no teu uma trave? Hipócrita, tira primeira a trave do teu olho, e então verás como hás de tirar o argueiro do olho de teu irmão. (Mateus, VII: 3-5).

Não julgueis, pois, para não serdes julgados; porque com o juízo que julgardes os outros, sereis julgados; e com a medida com que medirdes, vos medirão também a vós. (Mateus, VII: 1-2).

O que acontece, é que frequentemente, nos reconhecemos falando mal das outras pessoas. Muitas vezes, isso se torna não comum, que vira um hábito.  Passa a ser um assunto em comum, falar mal de alguém ou algum grupo de pessoas, família, entre outros exemplos.



Um fato interessante, comprovado pela Psicologia, é que, de vários defeitos que vemos nas outras pessoas, boa parte deles estão presentes em nós. Nosso cérebro funciona projetando nos outros o que está em nós. É aquela frase popular, “a boca fala do que o coração está cheio”.

Se dizemos que o outro é feio, é porque nos achamos feios em algum quesito. Se dizemos que o outro é metido, é porque identificamos isso muito bem em nós e projetamos nas outras pessoas.

A além do mais, o sábio Homer Simpson disse uma coisa em um determinado episódio do desenho, que é verdade. Ele disse que é muito fácil julgarmos as pessoas baseadas na religião ou país de origem. E vou além, é muito fácil julgar as pessoas por elas serem de uma determinada família, faculdade, grupo, cidade e até pais. Isso é fácil porque julgar é fácil, não precisa de muitas coisas, APENAS PEGAR ALGUMAS CARACTERÍSTICAS E GENERALIZAR, isso qualquer um sabe fazer.

Viu como retomamos no que Jesus disse “Por que vês tu, pois, o argueiro no olho do teu irmão, e não vês a trave no teu olho”, porque, o que condenamos no outro, como diz a Psicologia, é porque estamos projetando o que tem em nós nele.

E, do mesmo modo, quando Jesus diz “Não julgueis, pois, para não serdes julgados”, ele está demonstrando que, ao mesmo tempo que julgamos, alguém está nos julgando também. Se temos muitas críticas a fazer de outras pessoas, podem ter certeza que elas também tem muitas a nosso respeito.

O engraçado é que fica um canhão de críticas, um falando mal do outro, e no final, ninguém olha pra si mesmo pra corrigir seus defeitos.

Mas é como disse o nobre Homer, é fácil julgar. O difícil é nos colocarmos no lugar de quem estamos julgando. Mas isso é mesmo difícil, porque, pra isso, teremos que tentar pensar como ele pensa, entender porque ele pensa dessa forma, quais foram os aspectos que influenciaram essa determinada pessoa a agir assim, a influencia familiar, social, cultural, entre milhões de outros. Mas julgar é mais fácil, só se precisa de alguém pra escutar e uma boca a fim de falar.

Quando digo isso aqui na postagem, não estou me referindo a ninguém. Me refiro a humanidade como um todo, a nós. Porque é isso que vemos nas novelas, nos seriados, nos esportes, na educação, na economia, política... Isso é um mal da humanidade, nosso mal!!!

Vamos juntos tentar acabar com isso em nosso dia-a-dia. É uma luta diária, que não é fácil! Mas, juntos podemos conseguir!



Começando dentro de casa, quando alguém criticar outra pessoa pra você, você pode simplesmente ignorar ou tentar levantas os aspectos positivos do ser que está sendo criticado.

Leve isso para seu local de trabalho, quando alguem chegar falando mal do seu chefe, não retribua a ofensa. Promove o apaziguamento! As vezes, apenas um pensamento positivo é o suficiente.

E assim, um dia, quando finalmente chegarmos a ser um Planeja de Regeneração, estaremos mais acostumados a não exaltar os defeitos de nosso próximo.

Boa Noite e ótima quarta a todos e todas!
Não esqueçam do comentário (vocês nunca comentam rsrs).


Obs: imagens Google.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...